JÁ ERA! Como prometido, Barral pede expulsão de Mateus Reis do PSDB e processa ex-vereador após ser chamado de “bandido”

O secretário de Educação de Salvador, Bruno Barral (PSDB), pediu a expulsão do ex-vereador em Lauro de Freitas Mateus Reis, além de já ter processado o correligionário na Justiça comum. O pré-candidato a vice-prefeito chamou o colega tucano de “bandido”.

Além de ter chamado o colega de partido de bandido, por meio de mensagens enviadas a um grupo na noite do dia 26 de abril, Reis também disse que Barral tinha intenção de prejudicar a população de Lauro de Freitas e que tinha feito mal a milhares de pessoas.

“Teobaldo é o novo, e não pode se misturar com um grande bandido da política. Bandido que é de fora da cidade e tenta entrar na nossa cidade para enganar nosso povo. Não irei permitir. Qualquer passo errado, eu estarei fora”, escreveu, em mensagens enviadas às 23h25 e 23h26.

Em entrevista ao site dias depois da revelação, o presidente do PSDB na Bahia, deputado federal Adolfo Viana, confirmou que a ação poderia chegar ao Conselho de Ética e classificou o caso como “grave”.

“Se a postagem for confirmada, por se tratar de uma acusação muito grave, será objeto de rigorosa apuração pelo partido, por meio do Conselho de Ética, e pelos órgãos competentes. Uma acusação dessa natureza é muito séria e, por óbvio, não pode vir desacompanhada de indícios ou provas”, disse.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s