No quarto dia da restrição de circulação em Lauro de Freitas, balanço aponta adesão da população às medidas

Operação de Segurança realizada na noite desta segunda-feira (18), quarto dia das medidas de restrição de circulação em Lauro de Freitas, equipes das Polícias Civil e Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, e agentes de fiscalização da Prefeitura abordaram 40 pessoas por descumprirem decreto que proíbe o trânsito de veículos e pedestres entre as 20h e 5h do dia seguinte. O maior número de abordagens aconteceu nos Bairros do Centro, Capelão, Capiarara, Areia Branca e Jambeiro. Houve ainda o fechamento de quatro bares nestas localidades.

A operação, que reforça as orientações de distanciamento social e conta com 130 integrantes, também atuou na Itinga, onde foram identificadas pequenas aglomerações de moradores em frente às casas. No bairro, houve ainda o fechamento de bares no Largo do Caranguejo e na localidade de Pouso Alegre. Todas as pessoas abordadas tiveram seus dados coletados pelos agentes e foram encaminhadas para suas residências. Em caso de reincidência, poderão ser autuadas em crimes previstos no Código Penal.

Para o secretário de Trânsito, Transporte, e Ordem Pública-SETTOP, Smith Neto, o balanço das ações é positivo. “Durante as incursões nos bairros, temos observado uma grande diminuição do número de pessoas circulando nas ruas neste horário, e da quantidade de veículos abordados nas barreiras montadas na Estrada do Coco. Hoje abordamos 192, um fluxo muito baixo para uma segunda-feira. De modo geral, a população também está fazendo uma avaliação positiva”.

O apoio dos moradores à restrição de circulação foi confirmado por Robson Almeida, enquanto assistia da varanda de sua casa a abordagem a um motociclista na Rua Dois de Fevereiro, no Centro. “Eu apoio esta ação, acho positiva, porque só assim as pessoas levam a coisa a sério. O número de casos da doença só vem aumentando, é o caso de um tio meu, por exemplo, que foi contaminado pelo coronavírus.”

Denúncias

Durante a ação, as equipes também averiguaram uma denúncia de emissão sonora em um sítio no Bairro de Buraquinho, recebida por meio do 156, número da Central Integrada de Mobilidade Urbana (CIMU). Os fiscais identificaram cerca de 12 pessoas reunidas na propriedade, que prontamente atenderam à orientação da equipe e deixaram o local. Antes de atender à denúncia, a equipe já havia realizado incursões em Vilas do Atlântico, Ipitanga, Vila Praiana, Miragem, Centro e Pitangueiras.

A realização de qualquer ação que implique na emissão sonora, independente da gradação de decibéis, está proibida desde o dia 25 de março pelo decreto nº 4.596, que também suspendeu o funcionamento de Casas de Show e Espetáculos de qualquer natureza: boates, danceterias, salões de dança e outros estabelecimentos do gênero, além de Casas de Festa e Eventos, para evitar a aglomeração de pessoas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s