Lauro de Freitas implanta bloqueio de circulação no Centro e Vida Nova para conter avanço do coronavirus

Começou a valer nesta segunda-feira (15), nos bairros do Centro e Vida Nova, as medidas regionalizadas que reforçam o distanciamento social e promovem ações de proteção à vida. Até o dia 21 deste mês, fica restringida a circulação de pessoas e automóveis nas localidades e permitido apenas o funcionamento de serviços essenciais. Os bairros seguem a mesma medida restritiva adotada na Itinga, que vigorou até este domingo (14).
As medidas para enfrentamento da pandemia ainda definem: a adoção de apoio e proteção aos cidadãos; restrição de funcionamento de atividades comerciais; proibição de aglomerações em ambientes públicos e privados; e o uso obrigatório de máscaras. Equipes da Força-Tarefa fiscalizam o cumprimento do decreto por parte dos estabelecimentos comerciais. Os bairros do Centro e Vida Nova fazem parte das regiões em que a Prefeitura de Lauro de Freitas identificou o descumprimento de medidas adotadas anteriormente e aumento de casos positivos e óbitos.
Para controlar a circulação no Centro, bloqueios estratégicos foram montados nas Avenidas Amarílio Thiago dos Santos e Mercado Municipal, e na Ruas Manoel Silvestre Leite e Miguel Santos Silva. Condutores de veículos que chegam até as barreiras recebem orientações dos agentes da Secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP). Próximo a Praça Martiniano Maia e ao lado do Pé de Oiti, a Secretaria de Saúde (SESA) montou uma barreira sanitária para realização de teste rápido que diagnostica a Covid-19. Foram distribuídas 200 senhas de atendimento nesse primeiro dia.
O serviço de desinfecção que pulveriza hipoclorito de sódio, executado por agentes da Secretaria de Serviços Públicos (SESP), foi intensificado na região. No bairro de Vida Nova, duas barreiras foram implantadas ao longo da principal via da localidade, a Avenida Santo Amaro de Ipitanga, também com orientações. Estão autorizados a funcionar durante o período de restrição supermercados, panificadoras, farmácias, postos de combustível, agências bancárias, unidades de saúde e outros, conforme o Decreto nº 4.634/20, que pode ser consultado no site da Prefeitura.
Morador do Centro, Josenilsom Franco Maia aprova a medida que reforça o distanciamento social como uma das estratégias de combate ao coronavírus. “Eu acredito que as ações devem ser mais rigorosas, com mais fiscalização e punição para quem descumpre as medidas. Saindo de casa agora percebi que as ruas principais já estão bloqueadas. Acho que só assim para diminuir o fluxo de gente”, considerou. Josenilsom ainda aproveitou a barreira sanitária para realizar teste rápido da Covid-19.
Restrição na Itinga
A operação das medidas regionalizadas no bairro de Itinga foi concluída neste domingo (14). O secretário da SETTOP, Smith Neto, avalia o período de restrição como positivo para o enfrentamento da pandemia.
“Em 12 dias da operação no bairro realizamos mais de 5.600 abordagens veicular com medição de temperatura. Nas barreiras sanitárias foram feitos 970 testes rápidos para diagnóstico da Covid-19, e identificamos 88 casos positivos” relatou.
Segundo Smith, as medidas regionalizadas foram extremamente necessárias porque a Itinga é o bairro do município com maior número de casos confirmados e óbitos. “Além de conseguirmos reduzir a circulação de pessoas e veículos nos locais públicos, identificamos pessoas assintomáticas que poderiam estar espalhando o vírus sem saber. Com isso tivemos uma ampliação efetiva do distanciamento social”, completou. Dos 264 estabelecimentos fiscalizados durante a operação no bairro, 81 foram orientados a fechar e 38 notificados.

Receitas de medicamentos tem validade ampliada em Lauro de Freitas

As receitas de medicamentos e produtos de uso contínuo (tratamento prolongado) tiveram a validade ampliada para 60 dias, sem a necessidade de renovação nesse período. A medida é mais uma das ações tomadas pela Secretaria de Saúde de Lauro de Freitas (Sesa) para evitar aglomerações nos postos de saúde e conter a pandemia provocada pelo novo coronavírus.

De acordo com o coordenador da Sesa, Marcelo Souza, a ampliação é destinada as prescrições de receituários de medicamentos utilizados em doenças crônicas e não sujeitas ao controle especial. “É necessário apresentar documento de identidade do beneficiário do medicamento, cartão SUS e a prescrição médica para fazer a retirada dos medicamentos. A retirada pode ser feita independente do comparecimento pessoal do beneficiário”, disse.

Para a secretária de Saúde Maria Isabel de Andrade, a iniciativa gera dois benefícios: evitar que pacientes interrompam o tratamento médico e impedir a aglomeração de pessoas em unidades de saúde no período da pandemia. “A medida vale, por exemplo, para hipertensos, diabéticos e para quem faz uso de medicamentos para osteoporose e de componente especializado, entre outros”, completou.

Lauro de Freitas recebe primeira parcela dos recursos federais da LC 173

A Prefeitura de Lauro de Freitas recebeu, nesta terça-feira (9), a primeira parcela dos recursos relativos ao auxílio financeiro emergencial da União, previsto na Lei Complementar (LC) 173 de 27/05/2020, cujo montante total para o município de Lauro de Freitas será da ordem de R$ 17 milhões, dividido em quatro parcelas. A primeira parcela, que só hoje foi liberada para o município, soma R$4.487.388,20.

De acordo com a prefeita Moema Gramacho, o total dos recursos pode parecer muito mas equivale a apenas 30% das perdas do município com a pandemia. Esse e outros valores recebidos para serem utilizados no combate ao coronavirus e sua execução podem ser consultados no Portal da Transparência do município, lincado no banner “Transparência COVID – 19”, onde poderá ser visualizada a íntegra dos contratos celebrados.

Em live na tarde dessa terça-feira, a prefeita anunciou a chegada dos recursos que vão ajudar no enfretamento ao coronavirus, e explicou que eles são destinados à saúde, ao social e à recomposição do Orçamento Municipal, em função dos efeitos financeiros negativos da Pandemia.

EMENDAS PARLAMENTARES

Outros recursos que chegaram ao município e vêm sendo utilizados na aquisição de insumos, equipamentos de proteção individual e outros, material de sanitização, adaptação de estruturas e prestação de serviços contratados para atender às demandas geradas pelo novo coronavirus, são oriundos de emendas parlamentares individuais e de bancada, conforme Portaria 987, de 24 de abril 2020.

De acordo com a Portaria, os “recursos do Bloco de Custeio das Ações e dos Serviços Públicos de Saúde” são destinados a ações e serviços relacionados à COVID 19”. O documento deixa claro a origem da verba quando aponta os “entes habilitados” a receberem os recursos de “emendas parlamentares” destinados ao incremento temporário do teto de média e alta complexidade.

Os contratos, datas e despesas pagas e a pagar constam da primeira prestação de contas da Prefeitura em relação aos recursos recebidos para o combate ao coronavirus .no município.

Lauro de Freitas prorroga restrição de circulação noturna enquanto avalia protocolos para flexibilizar

A medida que restringe a circulação de pessoas e automóveis em Lauro de Freitas, das 8h às 5h do dia seguinte, foi prorrogada até o dia 14 pela administração municipal em decreto publicado nesta sexta-feira (5). A decisão, que busca diminuir a proliferação do novo coronavírus, foi debatida em reuniões com representantes de diversos segmentos do comércio local.

Durante os encontros, que contaram com a presença da prefeita Moema Gramacho, ficou acordada a criação de um grupo de trabalho com representantes dos comerciantes e da Prefeitura, para avaliarem, a partir da próxima semana, à luz dos dados da pandemia no município, protocolos para provável retorno gradual das atividades comerciais e outras.

No período de restrição, mercados e supermercados varejistas e atacadistas, poderão funcionar das 06h às 19h, de segunda à sábado, e até às 17h no domingo. Somente farmácias e unidades de saúde estão autorizadas a funcionar 24 horas. Delivery de gêneros alimentícios funcionam até às 23h59. Todos os demais estabelecimentos essenciais devem encerrar às atividades até às 20h.

A tomada de decisão por parte da Prefeitura em diálogo com o setor, foi aplaudida pelos representantes de supermercados, atacadistas e varejistas, da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lauro de Freitas, do comércio do Centro da cidade, Conselho de contabilidade, Associação de Bares e Restaurantes, setores da indústria, e da Associação Comercial e Empresarial de Lauro de Freitas (ACELF).

Para minimizar os efeitos negativos da pandemia do coronavírus sobre a economia do município, a Prefeitura de Lauro de Freitas prorrogou prazos para pagamento de impostos, a exemplo de TFF e IPTU, e mais recentemente, disponibilizou o aplicativo “Cidade Solidária”, uma plataforma desenvolvida pela gestão para viabilizar a venda online de micro, pequenos e médios empresários. Até esta sexta-feira (5), mais de 3 mil estabelecimentos já haviam se cadastrado e as compras têm se intensificado.