Burburinho no CALF: Pequeno grupo de Comerciantes manifestam para abertura do Comércio

Cerca de 10 comerciantes, em sua maioria de Salvador. Na frente do movimento está o laranja do Aristóteles da Burburinho Fake News

Uma moqueca de comerciantes oriundos de Salvador se juntaram com uma penca de comerciantes de Lauro de Freitas e foram até o Calf se manifestar e pedir a abertura do comércio.

Perca de tempo, pois sabemos que a Prefeitura limitou a apenas os serviços essenciais funcionarem na cidade, em decorrência da Covid-19, visando conter o avanço.

Então esta panelinha que ali foram se manifestar, não estão nem aí para o distanciamento social e só estão pensando neles. Lamentável. A economia se recupera, a vida não. A prefeitura tem se esforçado bastante no enfrentamento do coronavírus e tem tomados medidas acertadas.

Ainda assim, acionaram a equipe fake news da Burburinho News e deram alguns trocados pra turma gravar uns videos mentirosos.

Me deixe!!

População da Itinga aprova restrição de circulação iniciada no bairro nesta quarta-feira (3)

A restrição da circulação de pessoas e automóveis na Itinga, determinada em decreto de número 4.629, publicado pela Prefeitura de Lauro de Freitas para diminuir a proliferação do coronavírus, iniciada na manhã desta quarta-feira (3), foi bem recebida pelos moradores do bairro. A Itinga concentra a maioria dos casos da Covid-19 do município, cerca de 30% dos contaminados e metade das mortes provocadas pela doença, que já chegam a 13.
“Vim na rua porque precisei ir ao médico e no banco, porém acho esse bloqueio importante porque algumas pessoas não estão respeitando ainda as medidas da Prefeitura. Tem que ter mais rigidez mesmo, para que o povo entenda que ficar em casa é a melhor solução nesse momento”. O relato é de Poliana Nascimento da Silva, moradora do bairro.
A prefeita Moema Gramacho acompanhou de perto o primeiro dia de restrições e deu mais detalhes sobre a ação. “Precisamos adotar esta medida para conter o aumento no número de moradores da Itinga contaminados e de mortes, perdas terríveis para as famílias e para nós. Também vamos atuar nos residenciais do Minha Casa, Minha Vida, que são muitos aqui. Nestes locais as pessoas têm se comportado como se nada estivesse acontecendo. É preciso a população se conscientizar que nossa principal arma contra este vírus é o isolamento social”.
A fiscalização é realizada por meio de quatro barreiras montadas em pontos estratégicos do bairro e conta com equipes de incursão, que averiguam se há algum estabelecimento comercial não essencial funcionando, o que é proibido pelo decreto. Também são observados se aqueles autorizados a funcionar estão cumprindo as medidas de prevenção. Quem for abordado deve apresentar comprovação de residência e da necessidade do deslocamento.
Nas barreiras, equipes fazem a medição da temperatura dos moradores. Quem apresenta temperatura acima do normal é orientado a procurar a equipe de profissionais de saúde para receber orientação. Além do bloqueio, áreas públicas receberam a desinfecção, que é feita por servidores da SESP com a pulverização de hipoclorito de sódio. Agentes de endemias também intensificaram o combate ao mosquito da dengue.
Antônio Bahia mora na Itinga há mais de 20 anos e não só apoiou a medida, como sugeriu restrições mais severas. “Acho que deveria parar tudo por uma semana, para o povo não estar na rua. Sei que algumas coisas não podem fechar, como farmácia, mercado, padaria e açougue. Só estou na rua porque estou trabalhando de segurança”.
Estão autorizados a funcionar apenas estabelecimentos comerciais essenciais. Além dos citados pelo morador, estão liberados postos de combustível, agências bancárias e lotéricas, unidades de saúde humana ou animal, de urgência e emergência, serviços públicos essenciais, funerárias, segurança privada, imprensa, telecomunicações, logística e transporte de alimentos e medicamentos. Segue suspensa a atividade de vendedores ambulantes. Neste primeiro dia de restrição, oito estabelecimentos foram fechados por não constarem na relação de essenciais.

Balanço positivo
De acordo com o secretário de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), Smith Neto, apesar de ser o primeiro dia da restrição, já é possível observar resultados positivos. “Neste primeiro momento, já observamos que as pessoas estão aos poucos se conscientizando. Neste horário aqui, entre 11h e 13h, a gente já percebe um número menor de veículos circulando e de pessoas nas ruas”.
Além das barreiras e incursões pelas ruas e avenidas do bairro, as equipes também estão realizando um trabalho de conscientização voltado aos usuários do transporte coletivo. Alguns veículos estão sendo abordados, para verificar se a determinação do uso de máscaras está sendo cumprida. Nesta quarta-feira (3), apenas um passageiro não estava usando o equipamento de proteção individual.

Lauro de Freitas usa testes rápidos para diagnosticar coronavírus

As unidades de Pronto Atendimento de Lauro de Freitas – UPA e Upinha em Itinga, PA Nelson Barros, PA Santo Amaro de Ipitanga e PA de Areia Branca – foram abastecidas com testes rápidos para a detecção do novo coronavírus. Os testes estão sendo utilizados obedecendo aos critérios preconizados pelo Ministério da Saúde que prioriza a realização do exame em profissionais da saúde, da segurança e os familiares destes profissionais que apresentem sintomas gripais há pelo menos sete dias.
“Os grupos foram escolhidos de acordo com normas do Ministério da Saúde. Os profissionais estão diretamente envolvidos com a população. Eles se arriscam para salvar vidas e precisam estar bem. Pacientes que buscam atendimento nas unidades e sejam direcionados pelos médicos plantonistas também realizam o teste – o rápido ou o laboratorial”, afirma a superintendente da Vigilância em Saúde, Regina Coeli.
Até o momento, Lauro de Freitas aplicou 2.240 testes rápidos. O diagnóstico é dado em 15 minutos. O teste é realizado a partir de uma gota de sangue, explica a enfermeira da Comissão de Combate ao Coronavírus (CCC), Flaviana Costa.
De acordo com Flaviana, o ideal é que a testagem seja feita a partir do sétimo dia após o aparecimento dos sintomas (como dores no corpo e tosse seca). “Esse período é o tempo médio que o corpo precisa para produzir suas defesas contra o vírus. Se o exame for feito antes disso, há o risco de dar negativo, mesmo a pessoa estando contaminada”, destaca.
As unidades realizam ainda a coleta de amostras de secreções das vias respiratórias (do nariz e garganta) dos casos suspeitos que são enviados para análise no Lacen – Ba (Laboratório Central do Estado).
“Na maioria das vezes esses materiais são coletados das pessoas com a suspeita da doença, com o uso de swabs, quando o teste rápido der negativo e a pessoa apresenta sintomas. O resultado do exame é dado de três a cinco dias”, explica a enfermeira.

Com aulas suspensas pela pandemia, Prefeitura realiza reforma e ampliação de escolas

Com a nova rotina de estudantes e professores desenvolvendo o ensino e aprendizagem em casa, a Prefeitura de Lauro de Freitas aproveita o período de distanciamento social por conta do coronavírus, para intensificar obras de revitalização na infraestrutura escolar. Seis unidades da Rede Municipal de Ensino estão passando por intervenções. Os serviços incluem a construção de novas salas, aprimoramento de espaços, instalações para ar condicionado e pintura.
As ações que vão beneficiar a vida escolar no retorno das aulas estão sendo executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEINFRA). A Creche Pública Municipal Ana Montenegro, no bairro de Portão, é uma das seis unidades que mais tiveram mudanças. A creche ganhou duas novas salas, uma brinquedoteca, uma sala de diretoria e banheiros para alunos e funcionários. Nas estruturas estão sendo feitos acabamentos, revestimento cerâmico e pintura. O pórtico de entrada segue em construção e a guarita está quase pronta.
Outra ampliação foi realizada na Escola Municipal Capiarara, em Areia Branca. Assim que a pandemia passar, estudantes vão encontrar duas novas salas de aula e uma de reunião. Foi construído um pátio coberto, além do pórtico que está em andamento na entrada. Nas sete salas da escola foram colocados forro em PVC. Ainda na localidade, a SEINFRA executa a construção de um pórtico no Centro de Educação Infantil Areia Branca, e uma guarita. No Centro já foram construídas duas novas salas com solarium (uma espécie de varanda).
No Centro Educacional Municipal Fênix, no Centro, a quadra poliesportiva foi toda recuperada. A reforma geral dos banheiros e guarita está sendo concluída, assim como as instalações para colocação de ar condicionado e a execução do pórtico. Estudantes também encontrarão mudanças na Escola Municipal Jardim Ipitanga, no bairro do Caji. Por lá, uma sala multiuso foi construída e a estrutura de entrada da escola segue em execução.
Para os pequenos do Centro de Educação Infantil Dr. Djalma Ramos, em Vida Nova, foi construído um refeitório. Uma sala de acolhimento está sendo executada e dois solariuns já prontos proporcionarão atividades ao ar livre. O pórtico de entrada segue em execução. Manutenção geral na parte de hidráulica, elétrica e telhado, também fazem parte das intervenções nas seis unidades escolares.
Em todas as escolas, com máscara e mantendo distanciamento, os trabalhadores que executam as obras seguem as regras para evitar o contágio pelo novo coronavirus.

Pais destacam importância dos kits alimentação distribuídos para alunos da rede municipal de ensino

A Prefeitura de Lauro de Freitas iniciou nesta terça-feira (2), a terceira etapa da entrega de kits alimentação para os 28 mil estudantes da rede municipal de ensino. A distribuição é realizada de forma escalonada para evitar aglomerações. Os dois primeiros dias contemplam alunos do fundamental I, creche e pré-escola do bairro da Itinga. Os pais ou responsáveis que compareceram para buscar os alimentos neste primeiro dia destacaram a importância da ação.
“Antes da pandemia eu fazia faxina, mas no momento estou parada. Este kit é uma ajuda importante para as meninas, porque na escola elas tinham o horário certo para se alimentar e com o kit elas vão continuar tendo. Sou mãe solteira, e a única renda da casa é o que ganho como diarista”, declarou Rosângela Santos, mãe de duas filhas de 6 e 13 anos, estudantes da Escola Municipal São Judas Tadeu e do Centro Educacional Olavina Calazans.
Nestes dois primeiros dias, estão sendo entregues os kits alimentação para os alunos matriculados em 34 unidades de ensino infantil, pré-escola e fundamental I. É o caso da dona Edileuza Santos, que foi buscar o kit da filha de 2 anos, matriculada no Centro de Atenção Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC). A mãe da pequena Brenda, também destacou a importância do kit para a filha.
“Eu trabalho fazendo reajunte de pisos em construções, mas por causa do o coronavírus, está quase tudo parado, a maioria das obras onde eu trabalhava foram suspensas, por isso estes alimentos são tão importantes. Eu adoro o meu trabalho, é muito bom para mim, só que neste momento estou tendo que ficar em casa” afirmou Edileuza.
Continuidade dos estudos
Além dos kits alimentação, os alunos também estão recebendo cadernos de atividades e livros paradidáticos para dar continuidade aos estudos, e manter o vínculo com a escola, conforme destaca Maria Helena Santana, diretora do Departamento de Ensino Fundamental. “Estamos distribuindo também atividades diversas, para serem feitas em casa, e livros paradidáticos, da pré-escola até o 9º ano do ensino fundamental. Além de dar continuidade aos estudos, mantemos o vínculo dos alunos com a escola”.
De acordo com a diretora, as escolas estão utilizando aplicativos de mensagens instantâneas, como o whatsapp, para acompanhar e orientar os estudos dos alunos em casa, com o apoio dos pais, além de outros recursos, a exemplo da produção de vídeos, que são encaminhados por whatsapp, e divulgados nas páginas das escolas no facebook.
Érica Passos da Conceição, mãe de um menino de seis anos, aprovou a forma como os professores estão realizando o acompanhamento dos alunos, e já criou uma nova rotina para o filho. “Sempre tem atividade, a professora está direcionando tudo pelo whatsapp, manda as tarefas, e aí depois que ele faz está liberado para brincar. O kit dos alimentos também está ajudando muito, porque não estou trabalhando, e já é um suprimento para ele comer todo dia.”
Para receber os kits, pais ou responsáveis dos estudantes devem comparecer às escolas, munidos de documentos de identificação pessoal e dos beneficiados. O cronograma geral, com datas por unidades de ensino, dias e horários, pode ser consultado no site da Prefeitura, através do link: https://www.laurodefreitas.ba.gov.br/2019/entrega_kits.pdf

Com 126 casos positivos e seis óbitos, Itinga terá circulação de pessoas e veículos restringida a partir desta quarta-feira (3)

De acordo com decreto publicado pela Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas nesta segunda-feira (1), moradores da Itinga só deverão circular pelas ruas do bairro em caso de extrema necessidade. A medida começa a valer nesta quarta-feira (3), e se estende até o dia 10. Apenas estabelecimentos comerciais essenciais terão autorização para funcionar, e a aglomeração de pessoas em espaços públicos ou privados será proibida. Locais para estacionamento também serão limitados.
A medida abrange uma área que terá como ponto zero o Largo do Caranguejo e 2 quilômetros de circunferência em direção à Avenida Fortaleza, Alto da Itinga, São Cristóvão e Parque São Paulo.
O decreto, que compreende os períodos diurno e noturno, é uma resposta ao aumento no número de casos de contaminação pelo coronavírus no município, especialmente em bairros mais populosos, a exemplo da Itinga, onde residem 126 moradores que testaram positivo para a COVID-19, mais de 24% dos 532 casos de contaminação em Lauro de Freitas, e seis óbitos dos 12 registrados até esta segunda-feira, representando 50% dos óbitos totais do município.
Os bairros de Caji (81), e Portão (54) ocupam o segundo e terceiro lugares em número de contaminados.
A fiscalização será realizada em barreiras montadas nas principais vias do bairro. Quem for abordado deve apresentar comprovação de residência e da necessidade de circulação. Estão permitidos deslocamentos para unidades de saúde, estabelecimentos comerciais autorizados a funcionar, entrega de bens essenciais para pessoas dos grupos de risco, prestação de serviços emergenciais por órgãos públicos, e de assistência a idosos, crianças, e pessoas com necessidades especiais.
Durante a restrição, estão autorizados a funcionar apenas estabelecimentos comerciais essenciais, como supermercados, panificadoras, açougues, farmácias, postos de combustível, agências bancárias e lotéricas, unidades ou serviços de saúde humana ou animal, de urgência e emergência, além de serviços públicos essenciais, funerárias, segurança privada, imprensa, telecomunicações, logística e transporte de alimentos e medicamentos. Segue suspensa a atividade de vendedores ambulantes.
A Prefeitura também vai realizar ações de apoio e proteção aos moradores do bairro, como a medição de temperatura e encaminhamento de casos suspeitos de COVID-19 para avaliação clínica, ações de combate ao mosquito aedes aegypti, distribuição dos kits alimentos substituindo a merenda escolar e máscara para pessoas com vulnerabilidade social cadastrados pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC), além da intensificação das ações de desinfecção de locais públicos, realizada pela gestão desde o início da pandemia.

Fiscalização e sanções:
As equipes de fiscalização, que atuarão nas barreiras e em incursões pelo bairro, vão contar com servidores das Secretarias de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), de Desenvolvimento Urbano (SEDUR), de Meio Ambiente (SEMARH), e de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC), além da Guarda Municipal (GM), e do apoio da Polícia Militar (PM).
Quem for flagrado descumprindo o decreto poderá ser autuado em flagrante pela prática dos crimes contra a saúde pública e desobediência, previstos nos artigos 268 e 330 do Código Penal Brasileiro. Também ficam sujeitos a aplicação de multa, interdição e/ou suspensão de atividade comercial, conforme previsto em legislação municipal.
Para reduzir a contaminação pelos coronavirus, além de reforçar as ações na Itinga, a Prefeitura mantém as restrições já estabelecidas em decretos para toda a cidade. Entre as 20h até as 5h da manhã seguinte, as pessoas e veículos não poderão circular a não ser em casos de extrema necessidade comprovada. Quanto mais eficiente for o isolamento social, mais rápido a cidade poderá voltar ao normal.

Faça sua parte em defesa da Vida.

LAUROCONTRAOCORONAVIRUS